Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

NASCIDOS CATÓLICOS

Amordaçados, sem liberdade de escolha, nascem assim, crescem assim e rumam ao inferno pensando que o purgatório existe. Enganados, seguem crendo em homens, na contramão daquela que dizem ser A Palavra de Deus.

NASCIDOS CATÓLICOS

Amordaçados, sem liberdade de escolha, nascem assim, crescem assim e rumam ao inferno pensando que o purgatório existe. Enganados, seguem crendo em homens, na contramão daquela que dizem ser A Palavra de Deus.

FRAUDE E HISTÓRIA FORJADA _ OS PAPAS

"O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; ..." (Óseias 4:6)

 

A Primeira Sé (Roma/papado) por ninguém é julgada. É somente do pontífice romano o direito de Julgar... aqueles que desempenham os mais elevados cargos civis num estado... Não existe apelo nem recurso contra uma decisão ou decreto do pontífice romano. - Código de Direito Canônico (James A. Coriden, Thomas J. Green, Donald E. Heintschel, eds., The Code of Canon Law (Paulist Press, 1985, Cânons 1404, 1405 e 333, sec. 3, pp. 951, 271)

Os papas têm sido, ao longo da história, as figuras religiosas e políticas mais importantes da terra.

Isso, infelizmente, continua a ser verdade mesmo que o papa já não tenha ao seu dispôr os exércitos e as tropas armadas dos pontífices romanos do passado.

O papado é indispensável para o catolicismo, que, deverá desempenhar um papel vital nos últimos dias, antes da segunda vinda de Jesus Cristo. Por isso, devemos estudar bastante para podermos entender melhor o papado e a sua relação tanto com a Igreja, como com o mundo.

_ Como surgiu o ofício papal?

_ Qual é o seu significado hoje?

O número de seguidores do Vaticano é, segundo as estatísticas, três vezes maior do que o número de cidadãos de qualquer democracia ocidental, sendo superados apenas pela população da China. Mais importante ainda, os seus membros estão espalhados por todo o mundo e muitos deles têm altos cargos políticos, militares e comerciais em países que não são católicos.

Além disso, o papa dispõe de milhares de agentes secretos espalhados pelo mundo inteiro. Isso incluí os Jesuítas, os cavaleiros de Colombo, cavaleiros de Malta, Opus Dei e outros. O serviço secreto do Vaticano, com todos os recursos de que dispõe, é inigualável.

Na maioria das vezes, o poder político do papa é exercido nos bastidores, em alguma ocasiões em cooperação com (e outras vezes contra) a CIA, a Inteligência Britânica, a Mossad de Israel, e outros serviços de inteligência como a extinta PIDE. Lembrem-se de que os seus milhões de súbditos estão presos ao papado por laços religiosos, que são muito mais fortes do que a lealdade política.

O católico típico, embora possa discordar da sua Igreja, no que toca a assuntos como a homossexualidade, aborto, sexo extraconjugal, anticoncepcionais e a nessecidade da confissão, ainda acredita que, quando chegar a hora da morte, Roma é a sua única esperança. O papa, como "vigário de Cristo", oferece uma realidade visível e uma expressão prática para tal esperança. A posição extraordinária do papa em relação aos membros da Igreja foi expressa de maneira concisa na publicação romana La Civilta Cattolica, que um documento papal descreveu em meados do século XIX como: "O mais puro órgão jornalístico da verdadeira doutrina da igreja" (J. H. Ignaz von Dollinger, The Pope and the Council (London, 1869), p. 3.)

"Não é suficiente que as pessoas apenas saibam que o papa é o cabeça da Igreja... elas devem saber também que a sua própria fé e vida religiosa emanam dele; ele é o laço que une os católicos uns aos outros, o poder que os fortalece e a luz que os guia, aquele que distribui as graças espirituais, o dador dos benefícios da religião, promotor da justiça e protector dos oprimidos." (La Civilta Cattolica, 1867, vol. xii, p. 86)

Palavras semelhantes foram ditas pelos seguidores de Joseph Smith, Sun Myung Moon, e outros líderes de seitas. O papa é "outro Cristo" e "Deus na terra" para os seus seguidores, e, como diz o Vaticano II, não pode ser julgado por nenhum homem ou tribunal. (Austin Flannery, O. P., editor geral, Vatican Council II: The Conciliar and Post Conciliar Documents (Costello Publishing, 1988 Revised Edition), P. 380.

Graças a Deus que nos resgatou da mentira e nos salvou de homens que dizem ser o próprio Cristo, visto afirmarem ter os atributos que só o Senhor Jesus tem! Cristo é o cabeça da Sua Igreja! Ele só! Ele só!

 

Na próxima nota: Deixe o Seu Cérebro na Entrada.

Autor: Dave Hunt