Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NASCIDOS CATÓLICOS

Amordaçados, sem liberdade de escolha, nascem assim, crescem assim e rumam ao inferno pensando que o purgatório existe. Enganados, seguem crendo em homens, na contramão daquela que dizem ser A Palavra de Deus.

NASCIDOS CATÓLICOS

Amordaçados, sem liberdade de escolha, nascem assim, crescem assim e rumam ao inferno pensando que o purgatório existe. Enganados, seguem crendo em homens, na contramão daquela que dizem ser A Palavra de Deus.

Está escrito que Jesus é o UNIGÉNITO de Deus e o PRIMOGÉNITO de Maria.

A Bíblia é o Livro mais conhecido, lido e comentado do mundo!

Neste nosso País, à beira-mar plantado, apesar de ser conhecido e de existir em quase todas as casas, a Bíblia é um livro pouco lido e erradamente catalogado de antigo e ultrapassado.

Antigo? É.

A Bíblia é sem dúvida um dos livros mais antigos do mundo, um Livro que resistiu a todas as tentativas de destruição ao longo da história e pelo qual muitos têm dado as suas vidas. Um Livro, que em certos países, coloca sob pena de morte quem o possui. Um Livro, o único, que transforma vidas!

Ultrapassado? Não!

Ainda hoje, está muito à frente do tempo em que vivemos. Dia-a-dia, a Bíblia é actualizada pelos acontecimentos mundiais. A Ciência, conforme vai avançando, vai revelando aquilo que a Bíblia já anunciava à milhares de anos atrás.

Sendo o nosso país profundamente dominado pelo Catolicismo Romano, apesar de se dizer "laico", a Bíblia foi durante séculos um livro proíbido. Um livro que poderia abrir os olhos a todos aqueles que, a bem ou a mal, foram obrigados a deixar-se baptizar para aumentarem o número dos "fiéis" à igreja de Roma. Quantos pagaram com a vida a sua fidelidade à Verdadeira Palavra de Deus! Quantos formam queimados vivos por recusarem adorar a Maria e ser fiéis à "Santa Madre Igreja"? Quantos foram torturados cruelmente até negarem adorar somente a Deus? Tantas atrocidades cometidas pelo homem em nome de Deus!

 

Mas... voltemos aos nossos dias!

Quase todas as famílias portuguesas têm um exemplar da Bíblia em casa, mas poucos, muito poucos lêem a Palavra de Deus! Uns porque acreditam na mentira de que a Bíblia é antiga e ultrapassada, outros porque acham que só os papas, bispos, padres, pastores, ou srs. drs. sabem "descodificar" as Escrituras. É mais cómodo acreditar no disse-me-disse, no "está escrito" do que lêr e confrontar.

Para ouvir, basta não ser surdo! Já para lêr é preciso ter alguma inteligência!

A Bíblia, é a Palavra de Deus para todos aqueles que O buscam de todo o coração e de todo o entendimento! Não é um código inacessível. Só o Espírito Santo pode revelar a Palavra aos nossos corações e, para que isso aconteça, só temos que ter sede de Deus, sede de conhecer a verdade! Jesus Cristo disse:

"(...) Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." (João 14:6)

A única forma de irmos a Deus é em Cristo! A única forma de conhecer Jesus Cristo é lendo o Livro que O dá a conhecer à humanidade!

Só a Bíblia tem a chave para um relacionamento intímo com o Senhor Jesus! Só a Bíblia pode mostrar onde se encontra a verdade e revelar a mentira.

Muitas pessoas, pensam erradamente, que a Bíblía usada na Igreja Católica é diferente daquela que os "Protestantes" usam. É mentira!

A única diferença entre as duas Bíblias dá pelo nome de "livros apócrifos", adicionados à Bíblia Católica, ao Velho Testamento, numa tentativa de justificar a adoração aos santos e às respectivas imagens de escultura.

 

O que são os livros apócrifos?

Os Livros apócrifos (grego: απόκρυφος; latim: apócryphus; português: oculto[1]), também conhecidos como Livros Pseudo-canônicos, são os livros escritos por comunidades cristãs e pré-cristãs (ou seja, há livros apócrifos do Antigo Testamento) nos quais os pastores e a primeira comunidade cristã não reconheceram a Pessoa e os ensinamentos de Jesus Cristo e, portanto, não foram incluídos no cânon bíblico. Excepto esses 14 livros, tanto o Velho Testamento como o Novo são iguais.

Sendo que, como o Novo Testamento, é o Evangelho das Boas Novas da Salvação, a igreja de Roma decidiu que, para validar as suas doutrinas contrárias à Palavra de Deus, como por ex: a adoração a Maria, havia a necessidade de adicionar notas de rodapé supostamente explicativas dos textos bíblicos que, segundo os drs. da lei, seriam de difícil entendimento para os "leigos" como nós!

Um exemplo flagrante encontra-se na tentativa de explicação deste texto:

Marcos 3:31 Chegaram então sua mãe e seus irmãos e, ficando da parte de fora, mandaram chamá-lo. 32 E a multidão estava sentada ao redor dele, e disseram-lhe: Eis que tua mãe e teus irmãos estão lá fora e te procuram. 33 Respondeu-lhes Jesus, dizendo: Quem é minha mãe e meus irmãos! 34 E olhando em redor para os que estavam sentados à roda de si, disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos! 35 Pois aquele que fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão, irmã e mãe.

Qualquer pessoa que leia esta passagem percebe claramente que, ao contrário do ensino Católico Romano, e das notas de rodapé das Bíblia católicas, Maria teve outros filhos.  Maria e José, após o nascimento virginal de Jesus Cristo, consumaram o casamento e tiveram filhos e filhas! A Bíblia fala várias vezes sobre esse facto. Está escrito que Jesus é o UNIGÉNITO de Deus e o PRIMOGÉNITO de Maria.

Perante texto tão claro, os "en"g"anadores" católicos escrevem em nota de rodapé que, ao referir-se aos irmãos de Jesus, a Bíblia estava na verdade a falar de seus primos porque, segundo o "ensinador", naquele tempo não existia a palavra "primo". Grande tiro nos pés! _ Não foi a prima Isabel que Maria visitou? Maria visitou Isabel, a mãe de João Baptista, primo de Jesus Cristo!

Mas a Bíblia ainda elucida melhor a verdade de que Maria teve mais filhos referido-se a Jesus Cristo e à sua família carnal:

 

Não é este o filho do carpinteiro? e não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos Tiago, José, Simão, e Judas? (Mateus 13:55)

 

Não é este o carpinteiro, filho de Maria, irmão de Tiago, de José, de Judas e de Simão? e não estão aqui entre nós suas irmãs? E escandalizavam-se dele.

(Marcos 6:3)

Amados:

É fácil ser enganado quando temos preguiça de confrontar o que ouvimos com o que realmente está escrito! É fácil ser enganado quando não temos conhecimento.

Jesus disse: "Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos." (Mateus 11:25)

Naquela mesma hora exultou Jesus no Espírito Santo, e disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos; sim, ó Pai, porque assim foi do teu agrado. (Lucas 10:21)

Só quando conhecemos a verdade somos verdadeiramente livres!

Leia a Bíblia!